NIKOLAI PARA ROCK & FOLK – MAIO DE 2002

outubro 16, 2011 9:23 pm Publicado por 1 Comentário

Artigo número 4, dos que Nikolai Fraiture escreveu especialmente pra revista francesa Rock & Folk, em 2002.

TAKE IT OR LEAVE IT, quarto

O melhor dos Strokes com seu show em Paris, seguido, no dia seguinte, do pior com a derrota do grupo nos estúdios do canal Jimmy e o cancelamento, no último minuto, da gravação de um programa especial concebido sob medida para o grupo de Nikolai. Sempre com exclusividade para Rock & Folk, aqui os sentimentos do baixista, depois da turnê mundial.

E eis-nos uma vez mais no fim de outra turnê. Muita coisa se passou desde que atravessamos os Estados Unidos, Japão, Europa e República Tcheca. Em nome do grupo, gostaria de apresentar nossas mais sinceras desculpas por não termos podido garantir o show previsto para o Canal Jimmy. Sabemos que muitas pessoas trabalharam muito para colocá-lo no ar, mas, o que tenho a dizer, nossas razões para cancelar foram realmente sérias. Esse incidente nos serviu de lição nessa indústria puta e, acredito eu, aprendemos todos os dias. Sem entrar em detalhes, Paris era uma cidade onde deveríamos colocar os pingos nos ‘is’ com nossa gravadora. Em seguida, a situação se apresentou e pudemos encontrar num pequeno bar parisiense a quarentena de fãs que tinham ganhado os ingressos. No fim das contas, as diferentes provas que tivemos que enfrentar nos deixaram mais fortes. Uma turnê tão longa, a meu ver, poderia soldar ou quebrar um grupo. Nós realmente atravessamos diferentes obstáculos com a mesma mentalidade: temos todos o mesmo objetivo. Se um de nós tentar se distanciar, nós o traremos bem rápido ao bom caminho. Como grupo, cada noite, temos tantas ofertas e tentações quanto em qualquer outra. Contudo, sabemos que temos feito o possível para que não prejudique nossas apresentações e não influencie negativamente o trabalho já feito. Depois dessa turnê, vamos poder descansar. Mas depois de apenas uma semana vamos participar de um programa de televisão em Nova Iorque (The Late Show With David Letterman, dia 11 de abril), um show em São Francisco e enfim um festival em Los Angeles. Depois vamos tirar uns dias de descanso para voltar ao normal. O que significa repetir diariamente e trabalhar em novas canções de maneira que, com um pouco de sorte, não seja essa a última vez que se ouve falar de nós.

Publicado originalmente em Maio de 2002, edição n°417 da Revista Rock and Folk

Tradução Equipe TSBR.

Fonte: http://www.the-strokes.fr.st/

Categorizados em:

Este artigo foi escrito porNice

1 comentário

  • Sérgio Luiz says:

    Prezadas,

    São ótimas essas análises sem pretensão, mas bastante interessantes, do Nikolai sobre as primeiras viagens dos Strokes pelo mundo, as “first impressions”. Venho acompanhando sempre que posso dar uma passada por aqui. E parabéns para a equipe ao traduzi-las com tanto empenho. Torço para que os Strokes recolham esse material todo em um livro; seria ótimo para todos os fãs. No Brasil, infelizmente, o material impresso sobre a banda continua carente, e vocês tentam se superar. Por isso, continuem no trabalho do site, pois é uma referência para conhecer as novidades da banda.

    Abraços
    Sérgio Luiz

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *