NIKOLAI PARA ROCK & FOLK – ABRIL DE 2002

outubro 1, 2011 1:49 am Publicado por 1 Comentário

Terceiro dos artigos que Nikolai Fraiture escreveu especialmente pra revista francesa Rock & Folk, em 2002.

TAKE IT OR LEAVE IT, terceiro

The Strokes na estrada, um Brit Award seguido de 3 NME Carling awards, uma turnê mundial de 40 shows (25 na Europa) com muitas dessas datas na França – enfim – compromissos obrigatórios em Paris, Lyon e Bordeaux. Um repertório recheado de algumas notáveis canções novas entre as quais “Meet me in the Bathroom”. “A vida está completamente louca nesses tempos”, comenta Nikolai.

Enquanto estava sentado lá olhando meus quatro melhores amigos, um nó se formava em meu estômago. De que serve tudo isso? Por que estamos aqui? “E na categoria Revelação, o vencedor é: The Strokes!”. Há apenas um ano, quase dia após dia, nossa aventura começava no Reino Unido para se espalhar pelo resto do mundo. “Nos começamos tudo isso juntos”, dizia a mim mesmo olhando em volta de nossa mesa, na cerimônia do Brit Awards. Às vezes me pergunto se ainda somos os mesmos. Estamos tão afirmados como grupo, e é duro fazer parte das coisas. Me lembro daquela época, estávamos sentados no bar do hotel Columbia em Londres, éramos como garotos saindo em excursão, descobrindo o mundo, totalmente maravilhados e saboreando cada momento. Todas essas pequenas coisas tinham tanto significado. Se nos perguntássemos a qual época aquilo remonta, responderíamos que deveria ter passado ao menos quatro anos. Mas não, em turnê, mudando os fusos horários, indo de uma estação à outra, um simples salto de pulga parece durar um ano. O tempo provoca isso. Tais eram meus pensamentos bem no meio da cerimônia do Brits, de suas lantejoulas e seu prestígio. Mas, estou me distanciando…

O fato é, que os troféus não significam grande coisa. É como no primário, no fim do ano, quando devemos ver entregues os prêmios de leitura ou redação e os primeiros da classe têm sua grande recompensa. Contudo, estamos agradecidos pelo gesto.

Pode-se apreciar seu sucesso através do que pode ser dito de você. É a mesma coisa com os jornais. Começar a acreditar no que os outros dizem acaba dando a eles seu próprio destino.

Mesmo se somos reconhecidos por esses Awards e toda essa atenção, nós nos conhecemos e sabemos que ainda temos que trabalhar duas vezes mais duro. Se não, como o tempo, desapareceremos.

Publicado originalmente em Abril de 2002, edição n°416 da Revista Rock and Folk

Tradução Equipe TSBR.

Fonte: http://www.the-strokes.fr.st/

Categorizados em: ,

Este artigo foi escrito porNice

1 comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *